segunda-feira, 31 de agosto de 2009

I Concurso Gran Tube - Vida de Concurseiro

Esse filme foi gravado e editado em menos de 24 horas, nos dias 30 e 31 de agosto de 2009. Trata-se de uma peça produzida para concorrer ao I Concurso Gran Tube, organizado pelo Gran Cursos, preparatório para concursos de Brasília.

Divirta-se!

video

sábado, 22 de agosto de 2009

O Brasil é um país surreal

O jurista Dalmo Dallari acusa Gilmar Mendes de ter criado um "surrealismo jurídico", referindo-se às peripécias procrastinatórias do Presidente do Supremo Tribunal Federal no que concerne a Cesare Battisti. Não se precisa de toga nem de "capangas no Mato Grosso" (Ministro Joaquim Barbosa) para concluir que o Brasil é um país surreal.

Em 1985, aos sete anos, quando morava na Rua Paulo Brandão, em Belo Horizonte, enterrei o Presidente Tancredo Neves, que seu vice Sarney mandara matar no Hospital de Base, em Brasília. E nunca esqueci as "malufetes"...

Em 89, com 11, era suficientemente maduro para acompanhar o processo eleitoral; enquanto minha mãe, servidora do TRE-MG, fazia títulos de eleitor sem parar na Praça Sete. Mais inteligente que a média porque lia mais que a média, acompanhava a campanha na televisão com o fascínio de quem passaria 12 anos trabalhando com esse "convite de aranha, de sereia" (MMMG).

Alguém que, àquela época, já era vivo e esperto o suficiente para se dar conta do mundo a seu redor não pode conceber o cenário político atual, senão sob efeito de LSD. Lula defende Sarney, seu cão de guarda e ataque é Collor, e sua guarda pessoal tem Renan Calheiros, Romero Jucá e Gim Argello, os três mosqueteiros "do mal" (W. Bush).

Sarney resiste na Presidência do Senado Federal e do Congresso Nacional, "com a força inquebrantável daqueles que têm fé" (MMMG), enquanto é massacrado pelos meios de comunicação, com a divulgação de escândalos sucessivos, há meses. Collor, "babá do PAC", dá medo só de olhar. Quando fala difícil, ambiciona-se membro da ABL; que nem Sarney, seu antecessor na Presidência da República.

O personagem Lula se tornou maior que o político. Agora, o personagem engole o homem.

Marina Silva no PV. O PSDB agradece. Resta saber quem será o Cavaleiro do Apocalipse. Eu aposto em José Serra.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Cruzeiro, Cruzeiro querido (3)

Foto: Maurício Val (VIPCOMM)

No último dia 10 de maio, Cruzeiro e Flamengo se enfrentavam no Mineirão. Campeão estadual invicto em 2009, o primeiro desafio do time mineiro no Campeonato Brasileiro era o campeão carioca; ambos favoritos ao título.

Depois da vitória do Cruzeiro no Mineirão por 2 x 0, provoquei os flamenguistas (fregueses) no blog, já pensando no returno e desafiando o dito "Imperador do Rio": o atacante Adriano, que ainda não tinha estreado.

Ontem, em campo, depois de 18 rodadas, na estreia do returno, foi como se Adriano não estivesse lá.

E o Cruzeiro bateu o Flamengo por 2 x 1, de virada. No Maracanã. É a volta da Raposa!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Pela ordem, Presidente

Senador é submetido à inspeção por detector de metais antes de entrar no Plenário do Senado Federal?

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Socialism

Photo: Tim Stewart

It seems not all Americans take in the joke...

Happy birthday, Mr President. Happy birthday to you.


De Collor para Simon

"Esta Casa não pode e não haverá de se agachar ao interesse da mídia, que deblatera, como o senhor deblatera, parlapatão que é. Ela não conseguirá retirar o presidente Sarney desta cadeira", esbravejou o senador Fernando Collor de Mello, bufando, contra o colega Pedro Simon.

É a "tropa de choque" do Presidente da Casa, Don José Sarney, chefe da famiglia. Em ação, fazendo cara de probo e falando difícil, Collor até parece que não é o único Presidente da República cassado por impeachment.

Mais uma piada do Senado Federal.