terça-feira, 4 de agosto de 2009

De Collor para Simon

"Esta Casa não pode e não haverá de se agachar ao interesse da mídia, que deblatera, como o senhor deblatera, parlapatão que é. Ela não conseguirá retirar o presidente Sarney desta cadeira", esbravejou o senador Fernando Collor de Mello, bufando, contra o colega Pedro Simon.

É a "tropa de choque" do Presidente da Casa, Don José Sarney, chefe da famiglia. Em ação, fazendo cara de probo e falando difícil, Collor até parece que não é o único Presidente da República cassado por impeachment.

Mais uma piada do Senado Federal.

2 comentários:

Strepsiades disse...

http://www.economist.com/daily/news/displaystory.cfm?story_id=14161836&fsrc=nwl

Marcelo Grossi disse...

Belo artigo. Só não confio na previsão de favorecimento do PSDB graças às CPIs. No Senado, os telhados são de vidro e os ânimos estão bastante exaltados.

Todo mundo está se queimando e tudo vai terminar em pizza...

Até fecharem aquela merda.